Pontos Cantados - Ogum

 

Nessa casa de Guerreiro, Ogum.

Vim de longe pra rezar, Ogum.

Rogo a Deus pelos doentes, Ogum.

Na fé de Obatalá. Ogum.

Ogum salve a casa santa, Ogum.

Os presentes e os ausentes, Ogum.

Salve nossas esperanças, Ogum.

Salve velhos e crianças. Ogum.

Nego véio ensinou, Ogum.

Na cartilha de Aruanda, Ogum.

E Ogum não esqueceu, Ogum.

Como vencer a demanda. Ogum.

A tristeza foi embora, Ogum.

Na espada de um guerreiro, Ogum.

E a luz do romper da aurora, Ogum.

Vai brilhar nesse terreiro. Ogum.

-------------------------------

Eu tenho 7 espadas pra me defender,
Eu tenho Ogum em minha compania...
Ogum é meu pai, Ogum é meu guia!
Ogum é meu pai, filho de Deus e da Santa Maria

-------------------------------

Ogum em seu cavalo corre
E a sua espada reluz,
Ogum Ogum Megê
Sua bandeira cobre os filhos de Jesus

-------------------------------

Ogum guarda a pedreira, mandado por Oxalá

Com a espada e com a lança Ogum, seus filhos vem ajudar

-------------------------------

Auê, Auê Ogum Beira Mar Auê 2x

Iansã virou o tempo, para Oxum não governar

Mas durante o barra vento Oxum se pôs a cantar

-------------------------------

Na Lua Nova, na Umbanda ele é Ogum    2x
Ogunhê, Zambi ele é Ogum. Ogunhê, Zambi ele é Ogum  2x
-------------------------------

Ogum já venceu, Já venceu, ,já venceu
Ogum vem de Aruanda
Quem lhe manda é Deus

Ele vem beirando o rio, ele vem beirando o mar
Salve Santo Antônio da Calunga, Benedito e Beira-Mar

-------------------------------

Cavaleiro na porta bateu, passei a mão na pemba para ver quem era  2x

Era São Jorge guerreiro, minha gente, cavaleiro da força e da fé   2x

-------------------------------

Ogum de Le, não me deixe sofrer tanto assim, meu Pai 2x

Quando eu morrer vou passar lá na Aruanda

Saravá Ogum, Saravá seu 7 Ondas

-------------------------------

Ogum de Le, lele lele lele

Ogum de Le é tata no arere

Em seu cavalo branco ele vem montado

Com espada na mão ele vem armado

Ele vem armado para o arere

Ele ve armado pra nos proteger

Mas ele é Ogum, é Ogum de Le

-------------------------------

Que cavaleiro é aquele que vem cavalgando pelo céu azul
É seu Ogum Matinada ele é defensor do Cruzeiro do Sul

êee, êea, seu cambira pisa na Umbanda.   2x
Olha que barco bonito que vem navegando em pleno mar,
É seu Ogum Sete Onda que vem ao encontro de Ogum Beira Mar!

êee, êea, seu cambira pisa na Umbanda.  2x
-------------------------------

Ogum, que abalou as estrelas, que abalou as areias e as ondas do mar
Ogum, a hora é boa  2x
Abre os meus caminhos, firma esse gongá, Ogum

-------------------------------

Oxalá está chamando, Ogum lá no Humaitá,
Pra lhe dar uma bandeira e mandar ele jurar.

Se ele é capitão?  Ele vai jurar!
E se for de Angola?  Ele vai jurar!
Se for Ogum de Lê? Ele vai jurar!
E se for de Nagô?  Ele vai jurar!

-------------------------------

Era de madrugada, quando eu ouvi o toque de alvorada 2x

Ogum Iara com sua espada na mão

Seu 7 ondas, Beira Mar e Ogum Mege

Ao longe já se ouvia um batalhão

São os filhos de umbanda cantando este refrão

É Beira Mar, Ogum Iara e Ogum Megê

Venha abrir nossos caminhos e venha nos defender   2x

-------------------------------

Seu Ogum Beira Mar, o que trouxe do mar?

Quando ele vem, beirando a areia

Vem trazendo no braço direito

o rosário de mamãe sereia

-------------------------------

Se meu pai é Ogum, vencedor de demandas

Ele vem de aruanda pra salvar filhos de umbanda

Ogum, Ogum, Ogum Iara 2x

Salve os campos de batalha, salve a sereia do mar

Ogum, Ogum Iara 2x

-------------------------------

Por entra matas, por entre mares e terra

Eu entendi o que meu pai quis dizer

Ogum não devia beber

Ogum não devia fumar

Mas a fumaça são as nuvens que passam

e a espuma as ondas do mar

-------------------------------

Quem Beira Rio, Beira Rio, Beira Mar

O que se ganha de Ogum, só Ogum pode tirar

Seu Ogum de Ronda, é quem vem girar

Vem trazendo folhas pra descarregar

-------------------------------

Nas patas do seu cavalo ele traz ferradura

Faca e punhal ele traz na cintura

Mas ele é Ogum General

Que venceu a guerra nos campos do humaitá

-------------------------------

Estava na beira do mar quando eu vi Sete Ondas passar  2x

Abre a porta o gente que aí vem Ogum

Com seu cavalo marinho ele vem saravá

-------------------------------

Se a sua espada é de ouro, sua coroa é de rei 2x

Ogum é tata de umbanda, seu cangira munganga, Ogum nhê  2x

-------------------------------

Oxossi assoviou pra passar no humaitá  2x

Pra falar com Ogum Megê, mensageiro de Oxalá   2x

-------------------------------

Filho de pemba bebe água no rochedo

Filhos de Ogum corre campo e não tem medo

Vou pedir ao criador, que derrame o seu amor

Aos nossos guias e ao nosso babalaô

-------------------------------

Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum Sete Ondas

Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum Beira Mar

Pisa na linha de Umbanda que eu quero ver Ogum Iara, Ogum Megê

Ogum Iara, Ogum Megê

Olha a banda Ogum nhê

-------------------------------

Eu tenho Sete Espadas pra me defender  2x

Eu tenho Ogum em minha companhia

Ogum é meu pai

Ogum é meu guia

Ogum é meu pai

Filho de Deus e da Virgem Maria

-------------------------------

Magia, magia que faz o meu corpo tremer,

Magia, magia que chega em silêncio sem a gente ver

É Sr. Ogum, que o rei da magia que vem nos socorrer

É Sr. Ogum, quem vence a magia Seu Ogum Naruê

-------------------------------

Quando Oxalá fundou a Umbanda, Senhor Ogum tomou conta do congá,

Veio Oxum, veio Iansã, veio Yemanjá, veio a Jurema para trabalhar,

A caboclada iluminou todo o terreiro e Oxalá abençoou

Oi Sarava seu 7 Espadas, nesse terreiro ele é o protetor  2x

-------------------------------

Ogum, Ogum nhê
Ogum, Ogum Xoroque (bis)
Meu senhor das estradas, Ogum nhê
Abra meus caminhos, Ogum nhê
Meu senhor da porteira, Ogum nhê
Ele é meu pai Ogum Xoroque

-------------------------------

Ogum a sua espada brilha, Ogum a sua espada reluz

Ogum é mensageiro de Umbanda, Ogum a cavaleiro de Ogum  2x

Ogum, Ogum está de ronda

Ogum, Ogum veio rondar

Os quatro cantos do mundo, as sete ondas do mar, Ogum nhê

-------------------------------

Brilhou no céu, brilhou no mar

A lança de São Jorge refletindo no luar

Ogum é São Jorge, meu santo protetor

Dai força aos meus irmãos, saúde paz e amor

-------------------------------

A umbanda clariou, a umbanda clariou, clariou, clariou, este grande Orixá, clariou, clariou

Sob a luz da lua cheia, lá no alto da pedreira, olhando a cachoeira

Quem é o cavaleiro, quem é o cavaleiro, que veio a cavalgar,

Montado em seu cavalo branco, com sua espada a empunhar

É Ogum meu pai, Ogum nhê meu pai, cavaleiro de Oxalá (Oxalá)

Com sua espada suprema, ele é o senhor dos caminhos, ele é o rei do Umaitá

Saravá Pai Ogum, Ogum nhê, Ogum nhê,  ele é o tata, ele é o tata, ele é o tata no arerê

-------------------------------

Ogum rondou, Ogum rondou

As Sete Linhas que Oxalá determinou

Ele rondou os quatro cantos da Terra

Com sua espada e seu escudo protetor

Na lei de Umbanda ele trabalha valente

Combate o mal e vem seus filhos proteger

Salve Ogum neste terreiro de Umbanda, quebra demanda, Ogum de ronda vai vencer

-------------------------------

Ogum já venceu, já venceu, já venceu

Ogum vem de Aruanda e quem lhe manda é Deus

Ele vem beirando o rio, ele vem beirando o mar  2x

Salve Santo Antonio da Calunga, Benedito e Beira Mar  2x

-------------------------------

Eu não seria nada se não fosse Ogum para abrir a minha estrada 2x

Valente guerreiro aqui chegou, vencedor de demanda, meu protetor

Em sua trajetória meu Pai luta contra o mal,

foi nos campos de batalha que se tornou general

Eu não seria nada se não fosse Ogum para abrir a minha estrada 2x

Salve Seu Ogum de Ronda, Salve Seu Ogum Mege,

Saravá Beira Mar, Ogum Iara, Ogum Dilê

Salve toda falange do glorioso guerreiro

Que corta toda demanda aqui dentro do terreiro

-------------------------------

Ogum meu Pai quem é filho de Umbanda não cai  2x

Firma ponto no terreiro no terreiro, firma ponto meu irmão

Quem é filho de Umbanda traz sempre a pemba na mão

-------------------------------

Já vai embora, seu Ogum pra aldeia

Navio de guerra, bandeira vermelha